compartilhar:

Terapeuta: Aqui está uma das maiores oportunidade de mudar sua visão sobre a fibromialgia.

A dor sem limites

Fibromialgia é uma manifestação de dores generalizadas pelo corpo, às vezes mais nos membros inferiores, às vezes nos superiores. Mas, de certa forma, acaba atingindo todo corpo e essas manifestações são muito limitantes. imagine você, acordando com dor na coluna cervical, com a fibromialgia, e essa dor se manifestando no seu corpo inteiro.
“Digo uma coisa a você, terapeuta: A fibromialgia é dolorosa, limitante, enfim, muito séria, mas tem tratamento!”
Precisamos saber onde é a manifestação, se é nos músculos e nas articulações, principalmente. Então, quando seu paciente chegar com sintomas de fibromialgia, você faz uma sessão com ele da seguinte forma:

 

“Qual é a sua queixa? Desde quando?” (Para ele se localizar em questão de tempo)

 

– “E quando é que isso teve origem?”
Se ele responder que as dores começaram pelas pernas, preste atenção no que ele vai responder sobre o que aconteceu de impactante e inesperado. Onde ele morava na época, o que ele fazia nessa época, o que estava acontecendo nessa época na sua vida há cinco anos atrás.
E perceba que, quando o paciente vai contando uma história que, na visão dele foi impactante e dramática, o corpo dele apresenta manifestações do sistema nervoso autônomo. Pronto!!! Ali está a história que ele viveu, dentro de um cenário de impotência ou desvalorização.

Porque o tecido embrionário envolvido nesse caso, que são músculos e articulações, é o mesoderma novo. Ele é dividido em dois, mesoderma novo e mesoderma antigo. Então, toda vez que o paciente tiver uma manifestação de músculos, ossos, articulações ou tendões e ligamentos, o mesoderma novo terá uma manifestação de um tecido chamado mesoderma novo. Este é o tecido que forma todo esse elemento, todo esse conjunto de estrutura no corpo. E o conflito biológico que acompanha o mesoderma novo é o de impotência e desvalorização.
Neste ponto, procure lembrar qual foi a resposta dele quando você perguntou por onde começaram as dores. Se a resposta foi pelos membros inferiores, isto é, pelas pernas, considere acrescentar aos sentimentos de impotência e de desvalorização, elementos sobre algo que ele ainda não tenha conseguido avançar, algo a que ele não consiga dar movimento, com o que não tenha conseguido prosseguir. Pode ter sido o emprego, pode ter sido um projeto novo. Algo muito pessoal, não sei dizer especificamente, mas sei que teve todo esse contexto específico.

compartilhe:

Avenida Brasil, 658 - Centro - Urânia/SP - CEP: 15760-000