compartilhar:

Hipermetropia: A oportunidade de fazer a diferença.

O privilégio

 

Adalton meu irmão e eu estávamos ministrando o último módulo de Bioalinhamento em São Paulo.

 

Depois de um dia cansativo, mas produtivo, resolvemos ir até a avenida Paulista fazer um vídeo por conta das luzes, prédios a movimentação, enfim, de longe vinha um ciclista pedalando devagarinho. Na minha inocência acreditei ser apenas mais um ciclista passeando pela Paulista, mas ele passou por nós e fixou o olhar, na verdade ele estava nos investigando. De repente ele virou a bicicleta e voltou em nossa direção pedalando numa velocidade mais intensa e deu um bote, tentando pegar meu celular.

 

Ele não conseguiu porque o Adalton estava ao meu lado e acabou atrapalhando, fazendo com que ele acertasse minha mão e desviasse ao mesmo tempo derrubando apenas meu celular.

 

Nessa hora ele saiu em disparada e desapareceu na paulista como uma nuvem. O que eu trago de lição desse episódio é que foi um exemplo onde o perigo veio de longe e eu não percebi, então, quando eu tenho uma situação onde o perigo vem de longe é preciso que eu privilegie a visão daquilo que vem de longe.

 

E o que acontece com a visão daquilo que está perto?

 

Ela não precisa me tirar a atenção, assim terei uma visão daquilo que está perto destorcida no caso a hipermetropia e aquilo que está longe será privilegiado, pois eu preciso perceber com clareza e nitidez os perigos que vem de longe.

 

Para entender melhor:

 

.Miopia: Uma distorção na imagem que está longe.

.Hipermetropia: Uma distorção na imagem que está perto.

Então perigos que vem de perto terei Miopia, perigos que vem de longe Hipermetropia.

 

compartilhe:

Avenida Brasil, 658 - Centro - Urânia/SP - CEP: 15760-000