compartilhar:

Esclerose: Identifique a origem já na primeira sessão!

Um comportamento que esbarra na psiquiatria

 

Esclerose múltipla e esclerose lateral amiotrófica têm características de comportamento, mas esbarram na psiquiatria.
Vou contar para vocês porque isso acontece. A esclerose lateral amiotrófica carrega um sentido de forte impacto, ou seja, de uma situação chocante, impactante e inesperada, com contesto dramático, na qual eu tenho um choque relacionado a alguma situação que aconteceu dentro de uma linha horizontal.

Exemplo: Uma pessoa foi atropelada na sua frente, alguém que de repente vai embora, tudo na horizontal, a esclerose lateral amiotrófica participa de conflitos relacionados com a linha horizontal. A esclerose múltipla está relacionada com deslocamentos chocantes, que, por sua vez, têm relação com a linha vertical.

Vejamos mais um exemplo: Você viu uma pessoa pular de um prédio e se esborrachar lá em baixo ou, simbolicamente, viu alguém cair. Pode ser também uma empresa que está faturando bem e, de repente, abre falência e cai. Isso é uma situação impactante inesperada e dramática, é uma empresa falindo, ela está lá em cima e despenca, isso é um deslocamento vertical. E se isso foi chocante, tem um comportamento de ordem degenerativa neurológica. Pode-se dizer que eu presenciei ou vivenciei um deslocamento horizontal e vertical e não pude fazer nada.
E qual a vantagem biológica da esclerose?
É justamente causar uma paralisia. Isto porque, num primeiro momento, eu precisava me movimentar e tomar atitudes. Eu tenho as ferramentas, tenho meu corpo, mas não consegui. E vem uma segunda situação. Se a primeira já me martelava, mas eu sobrevivi, depois, vem a segunda. Neste momento, fechou-se um quadro, no sentido de que tenho agora duas situações em um hemisfério cerebral e outra situação no outro, então já não há válvula de escape para minha cabeça.

compartilhe:

Avenida Brasil, 658 - Centro - Urânia/SP - CEP: 15760-000